Verão 2016

Slide background

Muita paixão pelo jeans há muito tempo.

O jeans é uma peça atemporal, democrática e apaixonante. É uma peça que consegue se reinventar a cada coleção vestindo vários estilos e biótipos.

Desde 1873 quando Jacob Davis uniu-se a Levi Strauss para confeccionar roupas reforçadas para o trabalho, não houve uma época que ele tenha ficado esquecido.

Em 1886 o logo desenvolvido por eles Two Horses foi colocado pela primeira vez no patch de couro do jeans “XX” e é utilizado até hoje. A calça modelo “XX” recebe um icônico número de lote 501. A amada 501 da Levis que conhecemos muito bem hoje.

Será que algum dia conseguirão criar uma peça tão permanente como o jeans? Em 1934 surgem os “Lady Levis”, a primeira calça produzida para as mulheres em denim. A peça carrega a maioria das características da calça masculina porém com uma cintura elegantemente alta e ajustada.

Outra curiosidade – na década de 50 o denim foi usado pelo cinema e pela TV como retrato da rebeldia juvenil. Por este motivo muitas escolas da época proibiram seus alunos de usarem o denim pois poderiam tornar-se “Delinquentes Juvenis”. Mas já nos anos de 1954, o lançamento de uma linha para a família vai diminuindo a má fama da peça, e antes o que era apenas roupa para trabalho, roupa de delinquentes aos poucos vai ganhando espaço nas casas de boas família como um traje casual.

Em tantos anos de história há muito a se falar do jeans mas para encerrar o nosso papo de hoje, trouxe várias imagens em total jeans para servirem de inspiração e a novidade para 2015 foi a nova modelagem do clássico 501 – a calça 501 CT – fit mais ajustada.  Para esta estação o jeans está com tudo e para as novas coleções vem com muitas novidades e nós a cada dia mais apaixonadas por esta peça histórica!

Inspire-se com as imagens! Beijos e até a próxima!

Coletes para o inverno e para o verão!

Apareceram em vários desfiles do verão 2015/2016! Foram antecipados por algumas grifes para o inverno 2015 e veremos com certeza os coletes no inverno 2016, ou seja, será um bom investimento. Vindo com elementos fortes da alfaiataria foram trabalhados em modelagens retas e linhas simples, elegantes e sofisticados preferencialmente em cores neutras.

Apareceram mais alongados tanto no masculino como no feminino, alguns na altura dos joelhos! Sobre calças e saias, vestidos e shorts foram peças marcantes nos principais desfiles.

Temos os tradicionais coletes jeans, os em couro, os em sintéticos, os de pelo sintético, os com cara de alfaiataria, os mais alongados, os na cintura, os de matelassê, os coletes casacos, faça a sua escolha, os mais leves podem ser usados no inverno e no verão, já os mais quentinhos como o pêlo e o matelassê, ficam mais restritos aos dias frios.

São peças que parecem um pouco sem função mas tem o poder de levantar um look. Podem e devem ser usados no dia a dia e para a noite, tudo depende dos materiais e complementos.

Você já tem o seu? Confira!

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

25 abr 2015

Jeans! No inverno e verão!!!

As grandes marcas apostam forte no jeans para o verão 2016. Antenadas com inovação e qualidade apostam nas tendências e no comportamento do consumidor trazendo caras novas para o nosso velho amigo Índigo!

Hoje o jeans permite flexibilidade de movimento e de ocasiões de uso. Peça chave para qualquer guarda-roupa transita pelos mais diferentes lifestyles.

O grau de desgaste químico dos processos de lavanderia criam visuais autênticos e modernos seja para o inverno ou verão!

Novidade no mercado, o artigo Emana® Slim da @Vicunha traz a tecnologia dos cristais bioativos agora para o brim, proporcionando maior versatilidade para as criações. Presentes no interior dos fios, estes cristais absorvem o calor do corpo devolvendo-o sob a forma de infravermelho longo, estimulando a microcirculação sanguínea e o metabolismo celular.

A @Pernambucanas lançou a campanha exclusiva #vestebem ainda no inverno 2015 para alavancar as vendas de jeans, a campanha tem prazo para acabar dia 22 de abril, mas com a força do jeans acredito que permanecerá até a próxima temporada, talvez novos nomes para as próximas campanhas!

Não fique fora dessa, com o seu velho jeans repaginado por uma customização criativa ou com uma nova aquisição! Divirta-se!

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

20 abr 2015

yin-yang-erica-javaroni

Mais um dos temas para o verão 2016 – Yin Yang

O corre-corre dos dias atuais, a quantidade de informações principalmente via internet traz alguns contrastes para reflexão: Guerra x Paz, Conflitar x harmonizar, high x low, leve x pesado, speed x slow, oriente x ocidente, rígido x flexível.

A busca pelo reequilíbrio, a não-violência e a qualidade de vida através de um espírito Zen.

Estas reflexões são trazidas ao mundo fashion através da praticidade do estilo utilitário, com grandes bolsos, conforto e design despojado. São looks urbanos e modernos antenados com o show da vida.

Parkas, coletes, calça cargo, calças pijamas, quimonos, tudo bem larguinho e gostoso, porém nada largadinho! Formas amplas e retas, linha H, bolsos aplicados, botões em metal, insígnias, patches, fechamento envelope, pantacourt, vestido chemisier, transpasses e amarrações.

Conforto chic, tênis, salto zero, ação e meditação.

Cores Principais:

Verde militar, areia, neutros naturais, branco, off-white, preto.

Acessórios: solado de madeira, cores metalizadas, furta-cor, bolsas clean estilos anos 1990, colares soltos, braceletes com elástico, duo preto e branco como principal referência e peças confortáveis.

Tecidos:

Poliéster, Crepe, Crepe pesado, Cetim, Alfaiataria, Piquê, Gorgurão, Tweed, Brocado, Jacquard, Voal, Popeline, Viscose, Maquinetado, Algodão, Tricoline, Paper Touch, Bordado Inglês, Laisse, Sarja leve com elastano, Guipire, Viscolycra, Malha tricô, Moletinho, Ponto Roma, Neoprene,

Misturas interessantes:

Crepe satin + tela

Viscose Twill + Chifon

Neoprene + Crepe poliéster

Estampas e padronagens:

Cashmere, Mini geométrico, Indiano, gravataria, Geométrico, Listras, Xadrez, Bicolor, Figurativo, as novas versões dos camuflados, pele de bicho, Florais orientais.

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

 

18 abr 2015

Glória Coelho

Glória Coelho fez um mix de referencias para o verão 2016! Anos 60, 70, 80 e 2003! No universo do Jet set, Yatch, artes Gráficas e surf a alfaiataria impecável e muito feminina.

A cura por meio das roupas. A ideia de Gloria Coelho é vender, junto com sua moda, energias positivas. Por isso, decidiu imprimir palavras inspiradoras como “amor”, “luz” e “proteção” nos forros de suas peças e em camisetas usadas com sobreposições. A tipografia vem de obras de arte gráficas e dialoga com o grafismo de seu verão 2016, que mescla referências esportivas a alfaiataria e romance.

O vinil aparece constante na coleção, assim como o couro e os tricôs.

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background


 Fause Haten

“Hoje a grande celebridade é a cliente. Houve um tempo em que a estrela era o estilista. Agora é a blogueira, que no final representa a cliente. Por isso quis fazer uma apresentação mais real, não com uma modelo jovem, mas com alguém que veste minhas roupas há anos”, conta Fause Haten, sobre a performance no seu ateliê-loja em Pinheiros (SP), que mostrou seu verão 2016 no corpo de Flávia Shayoun, cliente antiga do estilista.

O raciocínio do designer acompanha o fenômeno das blogueiras de moda e beleza, pessoas comuns que, com seu carisma, conquistaram uma grande audiência e viraram protagonistas no mundo da moda. É o estilo e a beleza dessas mulheres reais, com quem ele convive no dia a dia nas provas de roupa no seu ateliê, portanto, que ele quis prestigiar. Não à toa, a trilha sonora que antecedia a apresentação – Fause recepcionava os convidados fazendo o acabamento de um vestido numa máquina de costura – era uma gravação de conversas entre cliente e estilista durante uma prova de roupa.

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background


Apartamento 03

Luiz Claudio, estilista da marca trouxe roupas com acabamento impecável.

A pesquisa sobre a liturgia de várias religiões – tema que, segundo o estilista, sempre o interessou – foi referência usada nesta coleção. Em busca da espiritualidade, Luiz Claudio chegou ao preto e branco para inspirar paz, reflexão, renovação e introspecção. A seda, principal tecido das roupas, aparece em babados sobrepostos geométricos, em sobreposições de túnicas levíssimas com casacos que fazem alusão ao paletó de smoking, nas camisas frescas. As amarrações, com efeito entre laço e nó, na cintura das calças ou no meio dos vestidos, surgiu a partir de muitas das roupas religiosas, que têm essa característica. “Essa região do ventre é muito delicada, é uma parte do corpo que pede proteção. Minha ideia é que essas amarrações abraçassem a pessoa”, conta o designer.

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background


Amapô

Carô Gold e Pitty Taliano são as rainhas do hi-energy: sempre mostram coleções divertidas, vibrantes, originais, irônicas e bem-humoradas. Só o grupo de referências já dava a pista: como misturar Barbarella, Miami, ginástica aeróbica e David Bowie.

O foco é o jeanswear, com ótimos momentos em neon. Como sempre, cor é um elemento importante nas coleções da Amapô e aqui a marca trabalha muito com o neon, que aparece em peças como jaquetas, ou em vários tons misturados na estampa 80’s de raios. Há sempre os “looks statement”, como as jaquetas recortadíssimas e com correntes.

É caótico, fun, totalmente – deliciosamente – Amapô, sempre com novas ideias de roupas para o dia-a-dia. É sobre conforto, acesso, diversão com amigos, juventude e bafo.

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background


Wagner Kallieno

Wagner Kallieno pegou da cartela de cores dos quadros de Joan Miró os tons de sua coleção para o verão 2016, inspirada no artista surrealista espanhol. As combinações de laranja, salmão e verde menta ou laranja e lilás, tudo queimado, foram acompanhadas de recortes geométricos e assimetrias nas saias e vestidos que também remetiam ao trabalho de Miró, lembrando o recurso de diferenças de altura em seus móbiles ou as figuras de suas pinturas.

Intercalada à parte colorida, o estilista apresentou uma  série de vestidos tipo chemise brancos, que seguiam o mesmo raciocínio de assimetrias do resto dos looks. Novidade para a marca, os jeans aparecem em looks totais com franjas na barra, como o vestido usado por Daiane Conterato, e na calça flare de cintura alta, numa referência aos anos 70, década que pontua o verão da grife.

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

18 abr 2015

 Hêlo Rocha para Têca

Uma coleção de impacto!

A Inspiração veio do universo dos orixás e do candomblé. Helô e o stylist Dani Ueda criam imagens fortes, poderosas e sensuais. Aquela mulher que encanta e dá medo ao mesmo tempo! Rendas maravilhosas!

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

Patrícia Viera

Trabalhos em couro maravilhosos! Você precisa tocar para identificar, impressionante.

Kláucia Badaró assinou todas as estampas artesanais inspiradas na Costa Rica!

Os trabalhos artesanais como sempre foram valorizados!

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

Lenny Niemeyer

Modelagem impecável, além da moda praia as roupas tiveram destaque na coleção.

Seu segredo está justamente em transpor tão bem o lifestyle da praia em suas roupas, que nós temos vontade de usa-las também quando estamos longe do mar e Lenny torna isso totalmente possível. A sensação “easy breezy” e o conforto somam-se a modelagem, a inovação e a design.

Nesta estação, ela olha para os clássicos bailes de carnaval, com sua inocência e seu glamour. O desfile é dividido em cinco momentos: Marinheiro, com listras branco e marinho e referências às redes; Malandro, em que aparece a alfaiataria; Pierrô, com as peças mais usáveis – e desejáveis – da coleção (lindas batas de algodão texturizado); Carmen, em versão preto e branco com alguns detalhes de flores e um bom trabalho com babados plissados; e por fim, chega a quarta-feira de Cinzas, com texturas que remetem ao Carnaval, como serpentina, que vemos nos looks de “penas” cortadas a laser e na organza com tiras de paetê floral. Contemporâneo e de gosto refinadíssimo, assim como a estilista.

 

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

17 abr 2015

Samuel Cirnansck

Lustres gigantes reproduziam um cenário clássico do cinema mundial: o salão de baile do hotel do filme “O Iluminado” (1980), de Stanley Kubrick. A referência vem da festa fantasma que o personagem de Jack Nicholson vê numa das cenas, e que teria acontecido nos anos 20, época na qual o estilista se inspira para criar sua coleção do verão 2016 e comemorativa de seus 15 anos de carreira.

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

 GIG Couture

Quando o tricô ganha design de moda, a técnica é elevada a um patamar fashion irresistível. Vira um misto de experiência tátil de textura com o shape que tem conforto e ao mesmo tempo caimento com desenho contemporâneo e sacadas de estilo. A estilista Gina Guerra foi buscar nas pinturas e na arquitetura art noveau de Mackintosh, respectivamente, a cartela de cores e as estampas, que incluem efeito tridimensional graças aos volumes criados no próprio jacquard feito no tricô.

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

 


Iódice:

A Bahia foi inspiração para Iódice, o que é que a baiana tem?

Tem pantalonas, cintura alta, turbantes e rendas!

A utilização do metalizado na coleção foi um ponto alto!

Com peças fluidas, estampas leves e femininas, trouxe uma baiana sensual sem exageros, moderna e sofisticada.

Peça marcante na coleção foram as calças saias, com mix de textura entre o linho e a renda.

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

 

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Google+